sexta-feira, dezembro 2, 2022

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasEsportesBrasileiros querem experiência tecnológica ao frequentar estádios

Brasileiros querem experiência tecnológica ao frequentar estádios

Oracle aponta quais tecnologias os fãs de futebol gostariam de utilizar para interagir mais com seus clubes

De acordo com uma pesquisa da Oracle Food & Beverage, os consumidores brasileiros querem que tecnologias sejam capazes de aprimorar suas experiências nos campos de futebol. Cerca de 72% dos torcedores adorariam pedir comida e bebida com antecedência para evitar filas e 70% acham que seria incrível interagir com seus atletas favoritos no metaverso.

“Quando se trata de ir ao estádio, as pessoas sonham com o melhor dos dois mundos: curtir a emoção ao vivo enquanto aproveitam a conveniência de outros tipos de experiências cotidianas, como pedir comida por aplicativo. Embora oferecer uma experiência fluida e imersiva apresente grandes desafios para os organizadores, especialmente na América Latina, as crescentes expectativas dos torcedores estão impulsionando a oportunidade de trazer mais inovação e digitalização para o mundo dos estádios”, afirma Augusto Fabozzi, SVP de Vendas de Aplicativos da Oracle América Latina.

Tecnologia antes, durante e depois do jogo, um gol de meio-campo

 

Desde a entrada no estádio até a obtenção de estatísticas de jogadores e equipes, os consumidores querem tecnologia que lhes proporcione uma experiência mais completa:

  • 70% acham que seria incrível interagir com seus times favoritos no metaverso (como encontros virtuais no vestiário, compra de produtos, etc) – especialmente millennials (83%);
  • 61% afirmam que gostariam de usar sua impressão digital, em vez de um ingresso físico, para entrar no estádio;
  • 35% gostariam de ver estatísticas esportivas em seus smartphones;
  • 68% estariam interessados ​​em receber ofertas especiais para atividades pré-jogo.

Rapidez e conforto são prioridades para os fãs

Com a persistência da escassez de profissionais especializados, os torcedores acreditam que o atendimento ao cliente está piorando nos estádios e desejam que a tecnologia acelere os processos e reduza o tempo de espera:

  • 51% estão frustrados com a espera em longas filas para entrar nos estádios e 52% preferem uma experiência digital e flexível de autoatendimento em vez de interagir com pessoas físicas;
  • 72% gostam da ideia de pedir comida e bebida com antecedência para retirar quando quiserem e economizar tempo em filas;
  • 32% das pessoas pagariam mais para reservar sua comida se isso significasse uma espera mais curta.

Robôs como protagonistas: contra ou a favor?

A pesquisa mostrou que os torcedores ainda têm dúvidas sobre a polêmica da incorporação de árbitros robôs no esporte.

Embora muitos consumidores ainda sejam indiferentes à questão, sua posição a favor ou contra varia bastante de país a país. Por exemplo, 44% dos brasileiros se manifestaram contra a proposta; 33% são a favor e outros 22% são indiferentes (42%, 29% e 29% no mundo, respectivamente).

Metodologia

O relatório “Stadium Without Borders: Stadium Technology and Trends in 2022 and Beyond”, realizado pela Untold Insights, empresa de pesquisas parceira da Oracle, entrevistou 5.640 consumidores de países como Austrália, Brasil, China, França, Alemanha, Itália, México, Espanha, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e Estados Unidos em maio de 2022.

Via mktesportivo.com

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS