sábado, dezembro 4, 2021

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasMúsicaCenário Prestes a Mudar

Cenário Prestes a Mudar

Luiz Calainho quer digitalizar meio artístico com NFTs.

O empresário também está entrando do mundo dos tokens!

Também ex-executivo da Sony Music, Calainho está à frente de empreendimentos na área de entretenimento no Brasil, como a renomada produtora de musicais Aventura e o clube de jazz Blue Note.

Para ele, o meio artístico ainda não está completamente digitalizado, apesar de fazer uso da tecnologia para realização de shows ao vivo online e interação nas redes sociais com fãs. Cenário que o NFT promete mudar.

Como alternativa, ele criou a Digitiva. O projeto terá uma consultoria voltada à transformação digital de artistas. Isso permitirá que artistas e/ou gravadoras, por exemplo, tenham acesso a uma plataforma que possa oferecer músicas, letras, áudios, além de experiências, como encontros. Tudo de forma exclusiva.

A plataforma contará com uma área de artes visuais, direcionada à compra e venda de obras digitais, em edições limitadas.

Será criada também uma “fintech” – termo usado para se referir a startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro. O termo é formado pela junção das palavras “financial” e “technology”. Esta terá foco na antecipação de ativos envolvendo a produção artística musical: royalties fonográficos ou autorais, patrocínios, bilheteria ou contrato de shows e publicidade.

A Digitiva é união da Musickeria – negócio especializado em música – com o grupo Stonoex, que é especialista em blockchain e trocas intercambiáveis de cripto ativos. A empresa tem Ricardo Azevedo entre os sócios, que também é um dos investidores do Blue Note Rio.

(via Stonoex, Valor Econômico – Globo, Virgula)

#brasilntf#nft#nfts#cryptoart#luizcalainho#calainho#stonoex#digitiva#bluenote#sonymusic#musickeria#ricardoazevedo#art#digitalart#crypto#bitcoin#blockchain#ethereum#cryptocurrency#cryptoartist#cryptonews#blockchainart#raredigitalart#cryptotraders#cryptoanarchy#nftart#cryptotrading#abstractart#eth

Artigo anteriorAlphonso Davies e Binance
Próximo artigoMelhor que Spotify
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS