sexta-feira, dezembro 2, 2022

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasCiência e TecnologiaConsumo de energia da Ethereum cai 99,99% após o ‘Merge‘

Consumo de energia da Ethereum cai 99,99% após o ‘Merge‘

A pegada de carbono do blockchain também caiu 99,99%

Na última quinta-feira, 15 de setembro, a rede Ethereum finalmente completou o ‘Merge, sua transição para o protocolo de prova de participação (proof-of-stake).

A transição tem sido uma das mais esperadas principalmente pelos números de energia, e inaugura uma era mais ecológica na criptosfera, com a blockchain consumindo 99,95% menos energia do que anteriormente.

A rede foi frequentemente condenada por seus efeitos sobre o meio ambiente, e esperava-se uma mudança como resultado da fusão. De acordo com os relatórios iniciais divulgados, o consumo de energia e a pegada de carbono caíram mais do que o esperado.

A ConsenSys, empresa de software focada no Ethereum, autorizou a análise do Crypto Carbon Ratings Institute (CCRI). Afirma-se que a rede usa, atualmente, 99,99% menos energia. A pegada de carbono do blockchain também caiu 99,99%.

Antes da fusão, o consumo de energia da rede ETH por ano era de 23 milhões. De acordo com o relatório do CCRI, o consumo de energia estimado é agora de cerca de 2.600 megawatts-hora por ano. As emissões anuais de CO2 também caíram de 11 milhões para apenas 870.

À medida que o Ethereum mudou para a prova de participação, muitas pessoas esperam que outras moedas importantes, incluindo o Bitcoin, sigam o exemplo.

(via Watcher News)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS