domingo, fevereiro 5, 2023

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasCriptomoedasMercado Bitcoin lança primeiro programa learn-to-earn da América Latina

Mercado Bitcoin lança primeiro programa learn-to-earn da América Latina

Projeto recompensa usuários por meio de iniciativas de educação e busca oferecer nova ferramenta de arrecadação para protocolos do setor

Em movimento pioneiro, o Mercado Bitcoin (MB) – maior plataforma de ativos digitais da América Latina – lançou o primeiro projeto learn-to-earn da América Latina. A iniciativa busca informar e educar os usuários, e oferecer oportunidades de recompensas financeiras ao final do programa, enquanto auxilia na expansão da base de investidores dos protocolos envolvidos. A primeira ação contemplada será a Nodle – primeira startup de conectividade do mundo a construir uma rede descentralizada fomentada por smartphones. O plano inicial para o lançamento é alcançar aproximadamente 10 mil clientes com bonificações percentuais em NODL, criptoativo da Nodle Network.

A oferta é válida para clientes VIP da plataforma, que devem aceitar os termos de uso e política de privacidade. Após o preenchimento dos dados, o usuário tem acesso às pílulas de conhecimento e ao questionário que valida o tópico ensinado, conteúdos que foram desenvolvidos pela Blockchain Academy, vertical de educação do MB. “Falamos de uma solução pioneira na América Latina que permite a integração de aprendizados de mercado em troca de implementações de produto, aumento de escala e recompensas em tokens. Trata-se de uma iniciativa que coloca educação e expansão comercial em sinergia”, diz Fabrício Tota, Diretor de Novos Negócios do MB.

O projeto complementa o lançamento do MB Connect, programa de parceria de protocolos selecionados que conecta diferentes empreendimentos do ecossistema da nova economia digital, envolvendo desde criptoativos de utilidade, finanças descentralizadas e gaming, até ativos reais, tokens não-fungíveis (NFTs) e tokens de experiência. Juntas, as iniciativas buscam expandir o portfólio, enquanto estimulam o crescimento do ecossistema de ativos digitais na América Latina.

Carolina Mello, Head de Marketing da Nodle, comenta:

“Estamos muito felizes de ser o primeiro projeto contemplado na América Latina –
um terreno fértil para expansão do ecossistema, e de fazer parte de uma iniciativa
que destaca projetos inovadores, educa sobre o mercado cripto e ainda recompensa
os usuários engajados. Tudo isso vai de encontro ao nosso propósito de
democratizar o acesso às criptomoedas e combater a desinformação no setor”.

Sobre o Mercado Bitcoin:

O MB é a maior plataforma de negociação de
criptomoedas e ativos alternativos da América Latina, além de ser o primeiro
unicórnio cripto no Brasil. A empresa é associada da Associação Brasileira de
Criptoeconomia (ABCripto) e adepta ao Código de Conduta e Autorregulação na
Prevenção à Lavagem de Dinheiro desenvolvido pela associação e que garante que
as empresas signatárias cumpram as melhores práticas de compliance. Com 3,8
milhões de clientes, o Mercado Bitcoin está transformando a relação das pessoas
com seu próprio dinheiro e democratizando o acesso a ativos alternativos com
liquidez e segurança.

Sobre a Nodle:

A Nodle Network utiliza o poder dos smartphones para criar uma rede
descentralizada. Ao conectar milhões de smartphones como “nodes”, o Nodle
permite que as pessoas prosperem de maneiras anteriormente indisponíveis em
sistemas tradicionais e centralizados. Quanto mais pessoas ingressarem e se
conectarem à rede, mais utilidade será criada à medida que a rede cresce e
prospera. A Nodle tem a missão de construir uma rede descentralizada com usos
potenciais praticamente infinitos para que todos possam se conectar, ganhar,
construir e ser recompensados por suas interações diárias por meio do conecte e
ganhe.

Saiba mais em: nodle.com

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS