quinta-feira, outubro 21, 2021

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasArtes & NegóciosStartup Brasileira apresenta arte em NFT coletiva na ONU

Startup Brasileira apresenta arte em NFT coletiva na ONU

“No maior evento de blockchain do mundo, iniciamos um projeto colaborativo único de grande escala que começa da forma mais humilde possível: com um pixel branco em NFT”, disse Pablo Lobo, sócio da Sthorm.

A Sthorm, sediada em São Paulo, apresentou o projeto da primeira arte coletiva em NFT na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York. A iniciativa conta com o apoio de Ronaldinho Gaúcho e Matt Sorum (ex-baterista da banda Guns N’ Roses).

(imagem via Instagram)

A obra começou com “bloco gênesis”, chamado de “White Pixel” (pixel branco), que é o primeiro elemento a compor uma curadoria de obras digitais em diferentes nichos. Juntas, elas integrarão a obra principal: centenas de produções que serão leiloadas ao mesmo tempo, segundo os desenvolvedores informaram ao Cointelegraph.

“No maior evento de blockchain do mundo, iniciamos um projeto colaborativo único de grande escala que começa da forma mais humilde possível: com um pixel branco em NFT”, disse Pablo Lobo, sócio da Sthorm.

O dinheiro arrecadado será usado para financiar pesquisas de outra iniciativa da Sthorm: o Global Pandemic Shield (GPS).

(imagem via Instagram)

O GPS é uma plataforma de financiamento de projetos científicos que visa prevenir ou amenizar o surgimento de novas ameaças de saúde, futuras pandemias e epidemias, e proteger as populações menos favorecidas.  

“A verdade é que não existirá, em um futuro próximo, outra oportunidade para convencer as pessoas que precisamos participar ativamente da construção da ciência. Se quisermos ter acesso a cura, é necessário ajudar a financiá-la. Nesse contexto, o Pixel Branco representa o recomeço pós-pandêmico, uma tábula rasa preenchida de forma coletiva”, afirmou Pablo, que também é fundador do GPS.

Outro projeto da Sthorm envolvido na iniciativa é o @Theos.fi, primeiro ecossistema carbono neutro de design tecnológico inclusivo para criadores globais. A ferramenta possibilita aos criadores converterem qualquer tipo de arquivo (mp3, mp4, GIF etc.) para NFT. A plataforma será usada na montagem da obra coletiva e na comercialização dos ativos. 

(imagem via Instagram)

(adaptado da matéria do Estadão/Emais)

#brasilnft #nft #nfts #sthorm #sthormio #theos #theosfi #onu #globalpandemicshield #nftart #nftartist #nftcommunity #nftvisual #nftcollector #nftcollectibles #cryptoart #cryptoartist #criptoarte #crypto #cryptocurrency #digitalart #art #artedigital #arte #raredigitalart #blockchain #blockchainart #nftdrop #nftartgallery

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS