domingo, fevereiro 5, 2023

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

spot_img
InícioNotíciasCriptomoedasHong Kong quer se tornar um hub de criptomoedas apesar da crise...

Hong Kong quer se tornar um hub de criptomoedas apesar da crise da indústria

Hong Kong está fazendo o possível para criar uma estrutura adequada de supervisão ao mercado de criptomoedas, a fim de alavancar o potencial de tecnologias como a Web3

O governo de Hong Kong continua comprometido com o desenvolvimento de uma infraestrutura para a indústria de criptomoeda, apesar da crise contínua do setor desencadeada pelo colapso do FTX.

De acordo com o secretário de finanças de Hong Kong, Paul Chan, o governo local e os reguladores estão abertos à colaboração com startups e fintechs de criptomoedas em 2023.

Falando em um evento organizado pela incubadora estatal Cyberport, Chan declarou que Hong Kong se tornou uma jurisdição que conecta empresas de ativos virtuais de alta qualidade, relatou o serviço público de transmissão Radio Television Hong Kong (RTHK) em 9 de janeiro.

Secretário de finanças Paul Chan Mo-po. Fonte: RTHK

O secretário de finanças disse que o governo de Hong Kong recebeu muitos pedidos de empresas relacionadas à criptomoedas nos últimos dois meses para estabelecerem suas sedes globais em Hong Kong. Muitas empresas do setor também expressaram sua vontade de expandir suas operações em Hong Kong ou abrir o capital em bolsas locais, acrescentou Chan.

De acordo com o secretário, Hong Kong está fazendo o possível para fornecer um marco adequado para supervisão do mercado de criptomoedas, a fim de liberar o potencial de tecnologias como a Web3.

Ele mencionou que os legisladores de Hong Kong aprovaram leis para estabelecer um sistema de licenciamento para provedores de serviços de ativos virtuais em dezembro. A nova estrutura regulatória foi projetada para fornecer o mesmo grau de reconhecimento de mercado às exchanges de criptomoedas que atualmente é aplicável às instituições financeiras tradicionais.

No evento, Chen também apontou que autoridades e reguladores de Hong Kong estão conduzindo uma série de projetos-piloto para testar as vantagens potenciais de ativos virtuais e explorar aplicativos relacionados. Uma das iniciativas inclui a emissão de títulos verdes tokenizados pelo governo de Hong Kong para subscrição por investidores institucionais, observou ele.

Hong Kong vem reafirmando gradualmente sua postura pró-cripto desde o ano passado, tornando-se o país mais aberto para a indústria em 2022.

Em meados de dezembro, Hong Kong lançou seus dois primeiros fundos negociados em bolsa (ETF) para contratos futuros de criptomoedas, que arrecadaram mais de US$ 70 milhões antes do lançamento. O evento ocorreu logo depois que o chefe da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong anunciou em outubro que Hong Kong está disposta a distinguir sua abordagem de regulamentação das criptomoedas do banimento adotado pela China em 2021.

Via cointelegraph

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ LIDOS