Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

quarta-feira, fevereiro 21, 2024
InícioNotíciasCiência e TecnologiaInteligência Artificial da Nasa promete prever tempestades solares

Inteligência Artificial da Nasa promete prever tempestades solares

Sistema Dagger usa dados de satélites e inteligência artificial para avisar ocorrência com pelo menos 30 minutos de antecedência

Nasa (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos EUA) anunciou na últimas semanas o lançamento do sistema Dagger (Deep Learning Geomagnetic Perturbation), uma nova tecnologia que pretende prever, por meio do uso da Inteligência Artificial combinada com dados de satélites, eventuais tempestades solares que incidam sobre a Terra.

De acordo com os pesquisadores, calcular previsões que envolvam todo o planeta será algo que a Inteligência Artificial vem para melhorar. Diz o anúncio do Dagger que o sistema conseguirá avisar a ocorrência de uma tempestade solar com pelo menos 30 minutos de antecedência, o que permitiria as autoridades dos locais afetados terem algum tempo para se prepararem.

Há diversos satélites da Nasa espalhados ao redor da Terra. Os principais modelos utilizados são ACE, Wind, IMP-8 e Geotail. A partir deles são feitas as observações que recolhem dados e informações sobre a atividade solar. Com esses dados é que a IA vai ser treinada.

O anúncio fala em um “modelo de aprendizado profundo” para que a nova tecnologia consiga fazer tais previsões em segundos e atualizá-las em tempo real. O sistema Dagger será lançado em uma plataforma de código aberto.

Tempestades solares

O Sol lança no espaço, constantemente, os chamados ventos solares. É praticamente a liberação de muito material solar, que incluiu gases, fogo e eventualmente rochas. Em alguns casos, a liberação deste material pode alcançar a magnetosfera do nosso planeta e causar as chamadas tempestades geomagnéticas. Essas últimas, por sua vez, podem causar uma série de estragos, como derrubar satélites artificiais, interferir nas telecomunicações e danificar a infraestrutura de eletricidade das áreas atingidas.

Via Revista Forum

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS POPULARES