sexta-feira, julho 19, 2024

Idiomas Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianKoreanPortugueseSpanish

InícioNotíciasGoverno e RegulamentaçãoMetaverso e inteligência artificial vieram para ficar, diz Anatel

Metaverso e inteligência artificial vieram para ficar, diz Anatel

Superintendente-executivo da agência de telecomunicações afirma que as novas tecnologias vão se consolidar em 5 anos

O superintendente-executivo da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Abraão Balbino, disse nesta 3ª feira (20.jun.2023) que tecnologias como o Metaverso e a inteligência artificial irão se consolidar e fazer parte do cotidiano brasileiro. 

“Assim como antigamente a gente usava máquina de escrever e, de uma hora para outra, tivemos que mexer com computador e com microinformática, essa transição [entre tecnologias] vai acontecer”, afirmou ao Poder360 no 3º Simpósio TelComp – Telecom, Tecnologia e Competição para o Futuro Digital.

Balbino deu um prazo de 5 anos para as ferramentas estarem completamente integradas na realidade do país. 

Assista (4min32s):

O evento é realizado pela TelComp (Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas) em parceria com o IDP (Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa) em Brasília. O evento é transmitido ao vivo pelo canal do Poder360 no YouTube, desde as 9h30. O 2º dia, 4ª feira (21.jun), será fechado para convidados e associados.

Em seu 1º dia, o seminário também teve palestra do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes e encerramento do ministro das Comunicações, Juscelino Filho. Além da presença de executivos do setor e autoridades, como o presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Carlos Baigorri.

Assista ao seminário:

Durante sua apresentação no seminário, Balbino disse que a Anatel tem como missão fundamental atualizar-se em relação às novas tecnologias que abrangem o setor. Indagado sobre quais são as que mais ensejam atenção atualmente, o superintendente listou 3: 

  • realidade virtual e aumentada;
  • inteligência artificial; 
  • desenvolvimento das ferramentas-base para o 6G, sucessor do atual 5G. 

Ele afirmou que trazer essas inovações para a realidade dos brasileiros é uma “tarefa complexa que exige muito desenvolvimento e muita organização”

Outro ponto discutido pela Anatel, segundo Balbino, são mudanças nos moldes regulatórios da agência. O objetivo principal da medida seria trazer uma conectividade significativa e que se encaixe nas necessidades dos consumidores. 

O superintendente também falou sobre a implementação do 5G no Brasil. Ele disse que o processo se deu “quase que ao mesmo tempo que os países desenvolvidos”, representando um avanço da agência. 

Para Balbino, as áreas-chaves para o desenvolvimento da comunicação digital no Brasil são as seguintes:

  • infraestrutura: “O Brasil é um país que tem uma carência muito grande […] então, precisamos continuar batendo nisso”;
  • habilidades digitais: “Precisamos trabalhar mais e mais a educação das pessoas na construção de habilidades digitais”;
  • modelo de negócio sustentável: “Uma cadeia de valor que pegue da infraestrutura até o conteúdo e que seja sustentável para todos os agentes” 

O SEMINÁRIO

Os avanços e desafios do setor de telecomunicação estarão em debate no 3º Simpósio TelComp – Telecom, Tecnologia e Competição para o Futuro Digital, realizado pela TelComp (Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas) em parceria com o IDP (Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa).

O 1º dia de evento acontece nesta 3ª feira (20.jun), em Brasília, com transmissão ao vivo pelo canal do Poder360 no YouTube, a partir das 9h30. O 2º dia, 4ª feira (21.jun), será fechado para convidados e associados.

O seminário terá palestra do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e encerramento do ministro das Comunicações, Juscelino Filho, no 1º dia. Além da presença de executivos do setor e autoridades, como o presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Carlos Baigorri.

São 4 painéis que abordarão diversos modelos de regulamentação, experiência em outros países e inclusão digital.

Leia a programação completa do 1º dia.

20.jun.2023 (3ª feira)

9h30 – Abertura do evento

  • Tomas Fuchs, CEO da Datora e presidente do Conselho de Administração da TelComp; e
  • Raphael Carvalho, advogado, professor e coordenador acadêmico da Escola de Direito do IDP.

10h – Painel 1: “Futuro do regulador diante da transformação digital da sociedade”
Introdução:

Mesa-redonda: “Os desafios e a necessidade de adaptação dos reguladores para lidar com a transformação digital”

11h – Explanação: A defesa da competição pela TelComp: o papel histórico da associação e os desafios atuais
11h20 – Palestra magna

14h – Painel 2: “Reforma regulatória no mundo em transformação digital”

15h – Painel 3: “Regulação (Anatel e Cade) e Direito da Concorrência no ecossistema digital”

  • José Borges da Silva Neto, superintendente de Competição da Anatel;
  • Cristiane Albuquerque, assessora na Secretaria Especial de Análise Governamental da Casa Civil;
  • Marcela Mattiuzzo, advogada e doutoranda em Direito Comercial na USP (Universidade de São Paulo);
  • Victor Oliveira Fernandes, conselheiro do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica);
  • Moderador: Vitor Menezes, diretor de Relações Institucionais da Ligga.

16h30 – Painel 4: “Inclusão digital e seus desafios”

Encerramento

  • Juscelino Filho, ministro das Comunicações

11h20 – Palestra magna

14h – Painel 2: “Reforma regulatória no mundo em transformação digital”

15h – Painel 3: “Regulação (Anatel e Cade) e Direito da Concorrência no ecossistema digital”

  • José Borges da Silva Neto, superintendente de Competição da Anatel;
  • Cristiane Albuquerque, assessora na Secretaria Especial de Análise Governamental da Casa Civil;
  • Marcela Mattiuzzo, advogada e doutoranda em Direito Comercial na USP (Universidade de São Paulo);
  • Victor Oliveira Fernandes, conselheiro do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica);
  • Moderador: Vitor Menezes, diretor de Relações Institucionais da Ligga.

16h30 – Painel 4: “Inclusão digital e seus desafios”

Encerramento

  • Juscelino Filho, ministro das Comunicações.

Via poder360.com.br

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ LIDOS